Vitiano, um vinho para comemorar a paz.

Eu não tenho escrito no blog nos últimos tempos, isso porque tive uns imprevistos bem chatos neste período, nada de saúde - graças a Deus, só vazamento no banheiro, dormir fora de casa, ter o carro arrombado...

Nosu restaurante japonês delicioso.


Não sou a mais entendida em comida japonesa, isso porque ela entrou na minha vida depois de eu vir morar em São Paulo e conviver com pessoas que não vivem sem "um japonês" por semana, como meus amigos costumam dizer. 

Pedriel Series Malbec

Eu vivo me perguntando porque a gente tem que crescer? É tão bom ser criança, se preocupar apenas com as notas, sem ter que ficar pensando em como pagar isso ou aquilo. Toda vez que eu penso nisso percebo que o lado bom de ter crescido é poder tomar o meu vinho, afinal nossa cultura não permite que crianças bebam.

Chablis com hambúrguer: porque não?

Qual a primeira coisa que te vem a mente quando pensas em Chablis? Pode ser que seja praia, pode ser que seja ostras, pode ser que seja uma tarde maravilhosa na piscina com amigos especiais... não sei, mas com certeza até este exato momento era isso que passava pela minha cabeça.
Mas agora é diferente, depois dessa experiência o infinito é meu limite.


O que harmonizar com fondue?

É, parece mesmo que o verão acabou. Está na hora de refazer os planos para os fins de semana e dar um jeito de curtir mesmo com esse friozinho.


Fondue é sempre uma boa pedida para um jantar entre amigos. Eu não sou muito de fondue de carne, acho que parece um bife em pedaços, mas cada um tem suas preferências. 
O meu, sem dúvida, é o de queijo. Seja aquelas misturas compradas prontas, seja o caseiro feito com os queijos de verdade. O que importa pra mim é estar com amigos e harmonizar com um bom vinho.
Eu sempre falo que fondue vai bem com vários tipos de vinhos, mas eu prefiro um chardonnay mais encorpado, ou um vinho tinto mais leve, como um Pinot Noir, por exemplo.


Esse é o Antucura Barrandica Pinot Noir, um vinho que apresenta aromas de frutas vermelhas maduras e um leve toque floral. Na boca é elegante, equilibrado e fresco. Um vinho que consegue agradar a gregos e troianos. Vale a pena conhecer.

Seja como for, o importante é não deixar a "friaca" nos pegar, deixar a preguiça de lado e encontrar amigos para viver e ter histórias para contar.
Santé!

Taberna medieval




Hamburgueria virou moda. E, neste caso, quem não gosta de andar na moda!? Afinal hamburguer é uma paixão mundial, até mesmo quem não come carne encontra uma forma de comê-los, nas versões vegetarianas.